Why so serious?

Já sabes? O Heath Ledger faleceu ontem. Dizem que foi overdose mas ele não tinha ar de junkie. Coisa triste pá. Muito triste …

Lenny Garabadian era um jovem que trabalhava, como eu, no set do Today Show – em Nova Iorque – ele era assistente de produção eu trabalhava no wardrobe department. E foi ali no andar de cima do Dean and DeLuca do Rockefeller Center, durante o primeiro break matinal que este escanzelado filho de imigrantes arménios desabafou comigo sobre a demise do mais recente Joker. Heath Ledger tinha falecido há poucas horas no seu apartamento de SoHo.
Permitam-me fazer uma parêntesis para confessar que a homepage  do meu browser desde que deixei Portugal é a pagina web do Correio da Manhã. E foi no CM, ali em letras gordas que vi a noticia, o Joker tinha morrido.  Sente-se sempre alguma tristeza e pesar quando um jovem talento nos deixa, também eu entristeci-me.  Lenny gracejava sobre a fatalidade da vida e o camandro, enquanto eu continuava a ler. Mas ali por baixo da noticia sobre a morte do artista, outra combinação de palavras chamou-me a atenção.

“Comércio Tradicional da Baixa Lisboeta sofre revés – Paletós perdem Loja para a crise”

“Lenny, tenho de ir. Diz ao pessoal que não volto mais.” – Digo ao levantar.
“Como assim não voltas mais?”  – indaga-me ele, surpreso.
“Tenho de ir…” – digo ao sair do café.

…Paletós:”He just up and left. Running. That was SO weird.”

Huck
Anúncios

Deixe um comentário

Filed under História

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s